Follow by Email

28 maio 2009

Pastor diz: "ESTOU DESANIMADO COM A IGREJA"

A propósito do texto que encontrei no Blog "Reflexões Bíblicas" - SOLDADO FERIDO e uma citação desconhecida, porém muito verdadeira: "A igreja é o único exército que abandona os seus feridos em combate", resolvi publicar novamente um texto que havia retirado.

Estou surpreso e ao mesmo tempo consternado. Apesar de já ter visto de tudo...

Extraí o texto do site “Presbiterianos On-line” do qual faço parte. http://presbiterianos.ning.com/profiles/blog/show?id=2370668%3ABlogPost%3A83222&xgs=1

“Oi, a graça.
Nem sei se você lerá esta mensagem, mas, enfim, preciso desabafar. Há anos pastoreio a igreja. Estudei muito para chegar onde cheguei, acreditando que o estudo me daria boas condições para exercer um ministério profícuo, de alto nível, e, principalmente que a igreja seria alimentada, e saciada, sempre quisesse mais de mim.

Por outro lado, estudei também porque no mundo em que vivemos, as pessoas são respeitadas pela bagagem que possui, pela instrução adquirida sob muito esforço e dedicação; porque se o mercado de trabalho está tão exigente quanto á qualificação profissional, acredito que eu preciso oferecer o melhor para Deus, não no céu, lá Ele não precisa de mim, mas aqui, na Sua igreja, onde Ele conta comigo, assim, pensei: "se serei um pastor, preciso ser o melhor".


O Seminário me ensinou muita coisa em 5 anos de Graduação em Teologia: Grego e Hebraico, Heresiologia, Homilética, Filosofia, Psicologia, Missiologia, Português, Hermeneutica...que saudade. Meus professores e professoras foram pessoas muito dedicadas no ensino, quero aqui agradece-los(as).

...Mas, nunca estive tão desanimado com a igreja...


Eu amo o ministério. Pregar a palavra me é um enorme prazer. Visito as ovelhas. Amo-as. Mas nestes momentos tenho só vontade de chorar. Trabalhei todo este tempo na igreja porque acreditava que a igreja poderia crescer, que as almas poderiam ser alcançadas, e que eu poderia falar de Deus para um número maior de pessoas. O sermão é sempre meticulosamente preparado, e prego-o com tamanha altivez que me falta a voz no dia seguinte. Que bênção pregar a Palavra!

Hoje, não sou tão jovem quanto quando iniciei esta caminhada. Se pudesse, gostaria de indicar uma outra disciplina para o Seminário, uma disciplina que preparasse os futuros pastores para os fracassos ministeriais; uma matéria que dissesse aos futuros pastores que eles não seriam amados nas igrejas que fosses pastorear, porque o seu salário abocaria uma fatia da arrecadação da igreja, e esse dinheiro seria melhor se ficasse na conta bancária da igreja, rendendo o prazer de relatar aos concílios os valores aplicados nas agências bancárias. Uma matéria a mais seria interessante para esclarecer aos futuros pastores que eles serão como os técnicos de futebol, não no que diz respeito ao salário, nem aos contratos, mas quanto aos resultados, ou seja, se não produzir (sozinho) ele será descartado, pois "gente desempregada" tem muitos, e é só estalar os dedos que muitos aparecem, até para ganhar um pouco menos. Assim eles não se assustariam em ter que trabalhar sozinhos e ainda assim, serem demitidos por perderem duas seguidas.

...Mas, nunca estive tão desanimado com a igreja...


Mas se ainda me permitem, gostaria de indicar somente mais uma matéria. Uma que nos deixasse como "calos" endurecidos, sem sensibilidade, quem sabe uma disciplina que nos tirasse o coração de carne, e implantasse um "chip", daqueles liga-desliga, apaga, deleta. Desta forma pastores enfartariam menos, chorariam menos, sofreriam menos, desanimariam menos.

...Mas, nunca estive tão desanimado com a igreja...


Acho que a culpa é minha mesmo. Nunca meus professores disseram que eu deveria ter esperança, que eu deveria confiar na igreja, que eu seria amado e respeitado só por ser um pastor. O que é ser um pastor?! Ser pastor... é ser nada! A culpa é minha mesmo. Eu é que me iludi com aquilo que ninguém disse que aconteceria, foi somente coisa da minha cabeça, por isso estou sofrendo agora. Quem sabe chegou meu tempo. O tempo de eu entrar em minha caverna pessoal como Davi, como Elias, e esperar a morte chegar. Ela é o fim, talvez um novo começo.

Ah como eu almejo esta nova terra.


O amanhã não me pertence...Mas, nunca estive tão desanimado com a igreja...
Se você está lendo estas palavra, queria te dizer, não perca seu tempo. É apenas um desabafo. Pastor não tem com quem falar mesmo, ele sofre sozinho. Às vezes não desabafa com a família para não faze-la sofrer, e não desabafa com a igreja, porque ela é a sepultura de muitos deles, assim, a gente tem medo.

Só quero entrar em minha caverna e chorar. chorar na minha velhice por acreditar tanto, por sonhar tanto, por sofrer tanto...

Essa é minha caverna, por favor, deixe-me sozinho. Como sempre estive no ministério, terminarei os meus dias...sozinho, sonhando...

...Mas, nunca estive tão desanimado com a igreja...


Desculpe, não posso escrever meu nome. Não posso demonstrar tristeza, desânimo, lágrimas. A igreja não quer homens, ela quer "super heróis", e, para eles eu sou um. Assim, não posso mostrar minha verdadeira identidade, senão eles me dispensam.

Um pastor, velho, sonhador”.


Postado pelo Rev. Alexandre Ferreira Pevidor em 25 maio 2009
Blog do Rev. Alexandre Ferreira Pevidor

http://presbiterianos.ning.com/profiles/blogs/estou-desanimado-com-a-igreja
Extraído do “Orkut” dos Presbiterianos On-Line

------------
“Agora dou meu pitaco:

Pois é gente... e eu que também pensava que estava sozinho nessa decepção...


Com a "igreja, Instituição dos homens", cheia de donos. Que oram a Deus, mas "trançam seus pauzinhos" e depois dizem que Deus fez o melhor... Homens que não levam Deus a sério e se mancomunam com grupos secretos e obscuros. Com esta eu não estou desanimado, estou sim, sem qualquer esperança.


Porém com a Igreja - Corpo de Cristo, Triunfante, e que nunca recua, mas só avança contra as portas do inferno. Que nunca negocia conveniências com as trevas. Esta sim nunca me desanimou nem desapontou. É ao Senhor desta Igreja, com I maiúsculo a quem sirvo e nunca me desamparou. Aleluia!

Abraços,
Caleb

Um comentário:

  1. Pastor Caleb,
    De tudo o que foi escrito, a boa notícia foi dizer que a 'decepção está com os homens'...mas 'a Igreja Fiel', essa não muda, pois Deus a ama e a espera.
    Deus é fiel e sua misericórdia dura para sempre!!
    Um abraço,
    Ricardo
    http://rcantini.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Você poderá deixar um comentário.
Ao terminar deixe seu nome completo, seu Blog (se tiver), sua cidade, estado e país.
Os comentários que não preencherem estes requisitos, deletaremos. Grato