Follow by Email

01 novembro 2009

PASTORES "LIGHT"

Alguma coisa está alterando conceitos e costumes dos "novos cristãos" dos dias atuais.

Tenho me deparado com homens que foram "guindados" socialmente com títulos de liderança religiosa em igrejas "evangélicas", históricas ou não, como "Pastor", "Bispo", "Evangelista" ou até mesmo "Missionário", que em suas maneiras de agir foge totalmente daquilo deixado registrado na Palavra de Deus.

Fico pensando como pode alguém que um dia sentiu o desejo de se tornar um pregador e foi separado em sua comunidade para o "sagrado ministério". Foi estudar em um Seminário, pois desejava "se preparar melhor" e depois que terminou - se é que alguém termina, foi examinado porque aprendeu a responder as perguntas teológicas e ao ser "aceito" foi ordenado "Ministro", e, com o passar do tempo perdeu o foco?

Certa vez conversando com um presbítero que estava com dificuldades em encontrar pastor para sua igreja, ele mencionou o desserviço de um determinado presidente de sínodo, também presbítero, que jurisdicionava seu presbitério: "Aquele homem sabe citar mais artigos da Constituição da denominação do que versículos da Bíblia. Penso que ele não conhece muitos princípios da Palavra de Deus. É um individuo focado em seus próprios interesses para se manter no poder." E concluiu, "Deus o converta!"

Pergunto "aos meus botões" como é que pode um indivíduo ter tido tantas oportunidades e desviar o FOCO que possivelmente possuía antes ou pelo menos enganava muito bem?

As oportunidades do obreiro cristão, são: Edificar a igreja trazendo estudos e mensagens que despertem o povo para o serviço cristão, evangelizar aos perdidos, conhecer profundamente a Bíblia para RESPONDER a todos aqueles que questionarem a "RAZÃO DE NOSSA FÉ", e para isto é necessário conhecer a "defender a fé que uma vez por todas foi dada aos santos" (Judas 3) e as doutrinas da Bíblia fazer visitas em hospitais, asilos e orfanatos, atender os carentes na alma para aconselhá-los e levá-los perante o Trono de Toda Graça.

Infelizmente, muitos "obreiros" são reprovados porque perderam de vista este tipo de trabalho e passam a se dedicar à "politicalha" eclesiástica, aos conchavos de bastidores e tornam-se "LIGHTS" como estão ensinando algumas linhas de pensamento para liderança de igrejas: não pregar sobre pecado, não mencionar os nomes dos pecados do homem moderno.
Não aceitam a Bíblia toda alegando que "determinadas ações de Deus foram apenas para aquelas épocas e hoje Ele não realiza mais aqueles atos".

Isto me leva a lembrar daquele lindo cântico inspirativo do Pr. Paulo César do Grupo Logos:


"Obreiro aprovado"

Você lembra quando foi
Que o Senhor o separou
Dentre todos os amigos,
Dentre os entes mais queridos?
E lhe encheu a alma toda de paixão tão desmedida
Pelas almas, pelas vidas,
Que não sabem pra onde vão?
Mas o tempo foi passando,
E a paixão se esfriou...

Óh meu Senhor,
Responda-me: Por que?

Você precisa ser obreiro aprovado
E não ser acusado por ninguém.
Andar como meu filho andou
E amar com o genuíno amor
Que eu lhe dei. Mas...
Se me buscar na Palavra, de coração na palavra,
Eu dou-lhe Minha palavra:
Me achará, e aprovado será.


Entendo que este cântico fará sentido para aqueles que tem temor de Deus e amam a Deus. E que um dia realmente foram separados pelo Senhor para Serví-LO em Sua Seara. Para os que se enganam e enganam o rebanho de Deus, não fará sentido algum.

Meu parceiro de Ministério Pastoral, pergunto a você:
Você mudou o foco de seu ministério pastoral para atender algumas conveniências e se manter na liderança de alguma igreja?
Qual a motivação para você estar na cidade em que você está? O Campo (A Obra de Deus) ou alguma conveniência para seus próprios estudos e os estudos de seus filhos?
Você continuará sendo aquilo para o qual foi preparado ou já nem se lembra o quê foi que o levou a ser "pastor"?

A única maneira de alguém retomar as metas para quais foi preparado é se tiver "TEMOR DE DEUS". Se não tiver não haverá remédio. O destino será aquele perante o qual todos estaremos perante: O JULGAMENTO FINAL DE CRISTO.
E aqueles que foram fiéis ao Seu Senhor que os Vocacionou (chamou) e os colocou na Seara e cumpriu-a cabalmente, ouvirão:
"Venham, benditos de meu Pai! Recebam como herança o Reino que lhes foi preparado desde a criação do mundo. Pois eu tive fome, e vocês me deram de comer; tive sede, e vocês me deram de beber; fui estrangeiro, e vocês me acolheram; necessitei de roupas, e vocês me vestiram; estive enfermo, e vocês cuidaram de mim; estive preso, e vocês me visitaram’.
“Então os justos lhe responderão: ‘Senhor, quando te vimos com fome e te demos de comer, ou com sede e te demos de beber? Quando te vimos como estrangeiro e te acolhemos, ou necessitado de roupas e te vestimos? Quando te vimos enfermo ou preso e fomos te visitar?’
“O Rei responderá: ‘Digo-lhes a verdade: O que vocês fizeram a algum dos meus menores irmãos, a mim o fizeram’." (Mateus 25:34-40 NVI)

Os que foram "LIGHTS" ou politiqueiros, isto é, nunca foram convertidos, apenas aderentes chegando a liderar uma associação religiosa, ouvirão: "Malditos, apartem-se de mim para o fogo eterno, preparado para o Diabo e os seus anjos. Pois eu tive fome, e vocês não me deram de comer; tive sede, e nada me deram para beber; fui estrangeiro, e vocês não me acolheram; necessitei de roupas, e vocês não me vestiram; estive enfermo e preso, e vocês não me visitaram’. Eles também responderão: ‘Senhor, quando te vimos com fome ou com sede ou estrangeiro ou necessitado de roupas ou enfermo ou preso, e não te ajudamos?’ “Ele responderá: ‘Digo-lhes a verdade: O que vocês deixaram de fazer a alguns destes mais pequeninos, também a mim deixaram de fazê-lo’. “E estes irão para o castigo eterno, mas os justos para a vida eterna”." (Mateus 25:41-46)

Com certeza os "farizeus de plantão" se levantarão para questionar dizendo que estes não poderão ser pastores de denominações históricas e "bíblicas" (como se isso fosse imunidade para a perfeição).

No julgamento final, veremos!

O importante é que esta mensagem leve muitos a buscar servir ao Senhor com Zelo:
"Continue o injusto a praticar injustiça; continue o imundo na imundícia; continue o justo a praticar justiça; e continue o santo a santificar-se. Eis que venho em breve! A minha recompensa está comigo, e eu retribuirei a cada um de acordo com o que fez." (Apocalípse 22:11-13 NVI).


Por amor,
Pastor Caleb Castellani

Soli Deo Gloria!

Já escrevi um outro post sobre outra categoria de "Pastores Light" Clique aqui para ler






___________________________
Você deseja convidar o Pr. Caleb para ministrar uma Conferência sobre o Tema O Pastoreio de Almas, ou, Deseja realizar um Curso Prático de Evangelização Pessoal em sua igreja?

Escreva-nos solicitando nosso Catálogo para:
Missão Apologia
missao.apologia@bol.com.br

5 comentários:

  1. Muito boa a palavra, caro amigo Caleb. Palavra profética. Deus o abençoe.

    ResponderExcluir
  2. Paz do Senhor Jesus seja na sua vida, irmão e pastor Caleb e na vida de cada um dos seus! Muito obrigada por seguir o meu blog! Vim conhecer o seu espaço e gostei muito! Voltarei Sempre para ler cada um dos posts com mais calma, para poder reter melhor. Já pelos títulos eu e meu esposo vimos que o seu blog é muito bom! Que Deus use o irmão para trazer reflexões importantes sempre!

    Em Cristo,

    Claudia Sunshine (Claudia Paiva)

    Meus blogs:
    http://blogdosultimos.blogspot.com
    e
    http://soulivreparaescolher.blogspot.com

    Site do meu esposo:
    http://www.esculpir.com

    ResponderExcluir
  3. Shalom!

    Uma alegria conhecer seu blog. O Eterno resplandeça o rosto Dele sobre ti.

    Medite no Sl 36.8,9

    Nele, Pr Marcelo

    Visite>> http://davarelohim.blogspot.com/

    e veja o texto:

    4 termos hebraicos relativos à natureza humana

    P.s>>> Caso vc se identifique com o blog, torne um seguidor. Será uma alegria!

    Grato!

    ResponderExcluir
  4. Paulo Américo Lopessábado, janeiro 28, 2012

    Rev. Calleb, graça e paz, sejam multiplicadas sobre sua vida, família e ministério. Sem a pretensão de me arvorar em dono da verdade, acredito que o mesmo grau de demonização e de embotamento espiritual que atingiu o Romanismo, hoje se repete no protestantismo - em seus mais variados segmentos e matizes doutrinários. Desse caos abissal de desmandos, simonias, nepotismos e, de tantas outras práticas condenáveis, em que a moderna Igreja Evangélica se tornou (a grande prostituta de Ap. 17) emergirá a Igreja triunfante. Dei o meu melhor - em detrimento de meus interesses pessoais, e sem auferir quaisquer ganhos financeiros - e conquistei hipertensão e uma bela gastrite. De alinhamento não-conformista bati de frente com o pecado, cansei-me de excluir gente inidônea e, até reprovada. Jogue i a toalha deois de 16 anos na mesma igreja. Nos reuníamos num salão alugado - deixamos aos nossos irmãos um templo de 400 m2 e R$ 30.000,00 em caixa. Agradecomentos, reconhecimento - não que busquemos isso - NADA, absolutamente nada. Lançaram-se na cisterna, desprezo e ostracismo foi o que ganhei. Consola-me saber que o Senhor Jesus, não se esqueceu de nosso suado trabalho, nem das lágrimas derramadas, nem das angústias solitárias, nem das depressões, Ele nos faz trinfar. Hoje estou terminando o meu bacharelado (que não pude concluir em razão das lides ministeriais - porém, não me queixo, fi-lo para a glória do Senhor); leciono na EBD, todos os dias pela manhã oro com algumas senhoras, intercedendo pelo corpo de Cristo.
    A minha pressão estabilizou, a minha gastrite está praticamente zerada. Reencontrei a alegria de servir a Deus - descolado da Igreja. Os caciques, coronéis, papas da denominação não receberão de mim nenhuma atenção especial - Queimarei suas bulas e jogarei suas "encíclicas" na lata de lixo mais próxima. As denominações, sem exceção estão PODRES E DEMONIZADAS - resta-lhes apenas o julgamento inexorável de Deus. Apesar das denominações e de seus donos - seguirei, e continuarei servindo Àquele que em seu sangue, nos fez reis e sacerdores. A Ele, toda a glória!!! Maranata!!!

    ResponderExcluir
  5. Amado Rev. Paulo Américo,
    Obrigado pelo comentário.
    Sei de sua fidelidade ao Senhor Jesus Cristo.
    Por isso consigo compreender seu comentário.
    Que Deus o vivifique e o use para Sua exclusiva glória.
    Maranata!!!

    ResponderExcluir

Você poderá deixar um comentário.
Ao terminar deixe seu nome completo, seu Blog (se tiver), sua cidade, estado e país.
Os comentários que não preencherem estes requisitos, deletaremos. Grato