Follow by Email

05 março 2007

SOBRE PASTORES E LOBOS

Gostei muito deste texto do Pastor Osmar Ludovico, que apresenta uma comparação do Pastor vocacionado com aqueles que agem como verdadeiros lobos (Profissionais dos Púlpitos) nos meios cristãos.


"Pastores e lobos têm algo em comum: ambos gostam de ovelhas, e vivem perto delas. Assim, muitas vezes, pastores e lobos nos deixam confusos pra saber quem é quem. Isso porque lobos desenvolveram uma astuta técnica de se disfarçar em ovelhas interessadas no cuidado de outras ovelhas. Parecem ovelhas, mas são lobos. No entanto não é difícil distinguir entre pastores e lobos. Urge a cada um de nós exercitarmos o discernimento para descobrir quem é quem.

Pastores buscam o bem das ovelhas, lobos buscam os bens das ovelhas.
Pastores gostam de convívio, lobos gostam de reuniões.
Pastores vivem a sombra da cruz, lobos vivem a sombra dos holofotes.
Pastores choram por suas ovelhas, lobos fazem suas ovelhas chorarem.
Pastores têm autoridade espiritual, lobos são autoritários e dominadores.
Pastores têm esposas, lobos têm coadjuvantes.
Pastores têm fraquezas, lobos são poderosos.
Pastores olham nos olhos, lobos contam as cabeças.
Pastores apaziguam as ovelhas, lobos intrigam as ovelhas.
Pastores têm senso de humor, lobos levam a sério.
Pastores são ensináveis, lobos são donos da verdade.
Pastores têm amigos, lobos têm admiradores.
Pastores se extasiam com o mistério, lobos aplicam técnicas religiosas.
Pastores vivem o que pregam, lobos pregam o que não vivem.
Pastores vivem de salários, lobos enriquecem.
Pastores ensinam com a vida, lobos pretendem ensinar com discursos.
Pastores sabem orar em secreto, lobos só oram em público.
Pastores vivem pra suas ovelhas, lobos se abastecem de suas ovelhas.
Pastores vão para o púlpito, lobos vão para o palco.
Pastores são apascentadores, lobos são marqueteiros.
Pastores são servos humildes, lobos são chefes orgulhosos.
Pastores se interessam pelo crescimento das ovelhas, lobos pelo das ofertas.
Pastores apontam para Cristo, lobos apontam pra si mesmos.
Pastores são usados por Deus, lobos usam as ovelhas em nome de Deus.
Pastores falam da vida cotidiana, lobos discutem o sexo dos anjos.
Pastores se deixam conhecer, lobos se distanciam e ninguém chega perto.
Pastores sujam os pés na estrada, lobos vivem em palácios e templos.
Pastores alimentam as ovelhas, lobos se alimentam das ovelhas.
Pastores buscam a discrição, lobos se autopromovem.
Pastores conhecem, vivem e pregam a graça,lobos vivem sem lei e pregam a lei.
Pastores usam as Escrituras como texto, lobos usam as Escrituras como pretexto.
Pastores têm compromisso com o Reino, lobos têm compromissos pessoais.
Pastores vivem uma fé encarnada, lobos vivem uma fé espiritualizada.
Pastores ajudam as ovelhas a se tornarem adultas, lobos perpetuam a infantilidade.
Pastores confessam os seus pecados, lobos expõem o pecado dos outros.
Pastores são simples e comuns, lobos são vaidosos e especiais.
Pastores têm dons e talentos, lobos têm cargos e títulos.
Pastores são transparentes, lobos têm agendas secretas.
Pastores dirigem igreja comunidade, lobos dirigem igreja- empresas.
Pastores pastoreiam ovelhas, lobos seduzem ovelhas.
Pastores trabalham em equipes, lobos são prima-donas.
Pastores constroem vínculos de interdependência, lobos aprisionam a co-dependência.

Os lobos estão entre nós é oportuno lembrar-nos do aviso de Jesus Cristo: “Guardai-vos dos falsos profetas, que vêm a vós disfarçados em ovelhas, mas interiormente são devoradores". (Mateus 7.15 )"

Um comentário:

  1. Caleb
    O autor do texto é o Osmar Ludovico - e me parece que foi inicialmente publicado na Eclesia.

    ResponderExcluir

Você poderá deixar um comentário.
Ao terminar deixe seu nome completo, seu Blog (se tiver), sua cidade, estado e país.
Os comentários que não preencherem estes requisitos, deletaremos. Grato